quinta-feira, 6 de junho de 2013

URUÇUCA: CDL CONVOCA REUNIÃO CONTRA A VIOLÊNCIA E QUEDA NO MOVIMENTO COMERCIAL.






Nesta quinta-feira, 06, no recinto da Câmara Municipal de Uruçuca, houve a reunião, promovida pelo CDL, com comerciantes, vereadores, secretário municipal e o procurador do município.
Inicialmente, o presidente do CDL, Marcelo da Silva Souza, fez uma explanação sobre os objetivos da reunião, dizendo ter encaminhado ofício a policia militar e civil, mas estes não enviaram representantes. Logo após, franqueou a palavra aos presentes. O comerciante da Farmácia do Povo, Ozeélio Correia, falou da sua preocupação com a segurança no município, pois já vivenciou diversos ataques contra seu estabelecimento, falou da queda das vendas no comércio, a qual atribuiu em 40%, nos últimos tempos. Já o comerciante Osmário Neves, o Marito, fez diversos questionamentos, tanto na área da segurança pública, quanto na comercial. O vereador Nau de Danda lembrou que o motivo da recessão não é culpa da prefeitura, que está pagando salários em dia, mas do preço do cacau e a queda da safra. Sobre a segurança, o vereador Carlos Magno informou que desde o ano de 2009, foi autorizado, pela Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia, o aumento do efetivo da polícia civil, e desta época para cá, não houve qualquer alteração. Disse que na polícia militar, o município de Uruçuca necessitaria de um efetivo de, pelo menos, 50 homens, para suprir as necessidades da segurança. Um aspecto bem lembrado nessa reunião foi a sugestão da segurança preventiva, quando seriam abordados, diariamente, elementos suspeitos, em motos ou em carros, geralmente, oriundos de outras cidades.
Foi definido que, dentro de aproximadamente dez dias, seria convocada, pela CDL, em local a ser definido, uma reunião entre o Ministério Público, comerciantes, representantes da polícia militar e civil, vereadores e secretários municipais.
O secretário de Finanças, Gildásio Brabo, falou da sua experiência, tanto na prefeitura de Camaçari, quanto em secretarias do governo do Estado, dizendo que as regras na administração pública mudaram e o TCM, hoje monitora os municípios, através do sistema on-line SIGA e tudo só é acatado quando está dentro da lei. Foi questionado sobre a não participação de empresas de Uruçuca, nas licitações, informando que disponibilizava as licitações, através do Diário Oficial, pela internet. Quando foi Informado que muitos comerciantes não tinham acesso à rede. Para resolver o problema, falou que toda concorrência pública existente na Prefeitura, seria disponibilizada, na forma física, ao CDL, para que este levasse cópia dos editais aos interessados. Outro aspecto que o Secretário fez questão de afirmar, foi que a maioria dos comerciantes, necessita regularizar suas situações, para ter acesso às licitações.  Disse que a prefeita, Fernanda Silva, tem todo interesse que o nosso comércio seja vitorioso nas licitações, pois isso gera emprego e renda para o município, mas que tudo deveria ser de acordo com a lei, de forma que não houvesse nenhuma dúvida, quanto a prestação de contas ao TCM. Para mostrar o interesse do governo, na participação dos comerciantes nas licitação, prometeu que irá disponibilizar um curso para que eles sejam qualificados, em suas necessidades.
Já o procurador do município de Uruçuca, Bento Lima, tirou várias dúvidas e fez questão de afirmar que a administração do Governo Popular e Democrático está seguindo rigorosamente a Lei da Responsabilidade Fiscal e isto tem causado algumas insatisfações no âmbito municipal, mas que esta será benéfica aos cidadãos.
Estiveram presentes, o secretário de finanças, Gildásio Brabo o procurador geral do município, Bento Lima, os vereadores Nau de Danda, Irmão Duda, Carlos Magno, Valmari, Lia da Serra, Gracinha e Magnólia, além de vários empresários e comerciantes.
ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CLASSIFICAÇÃO DO INTERMUNICIPAL 2017

GRUPO 1                     CLASSIFICAÇÃO  POS PON J V E D GP GC SG % CALDEIRÃO GRANDE 1 6 2 2 0 0 3 0 3 100.00 SENHOR DO BONFIM 2 4 2 ...