sexta-feira, 30 de maio de 2014

Uruçuca: 60 jovens foram beneficiadas pelo "Projeto Trilha para Mulheres"



A Prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva esteve acompanhada da Secretária de Politicas Publicas para as mulheres do Governo da Bahia, Vera Lúcia Barbosa na solenidade de lançamento do "projeto Trilha para Mulheres" no Auditório do IF Baiano no município de Uruçuca quando na oportunidade foram beneficiadas 60 jovens mulheres deste município na área de hotelaria e turismo com parcerias da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esportes; Secretaria de Relações Institucionais; Secretaria de Políticas para Mulheres; Fundo de Combate a Erradicação a Pobreza; Comitê Gestor do Programa Trilha, Prefeitura Municipal de Uruçuca e Instituições formadoras, com o objetivo de promover a qualificação profissional.
Muitas autoridades participaram do evento, com destaque para a Secretária Estadual de Politicas Publicas para as Mulheres ( Vera Lúcia Barbosa), da Prefeita de Uruçuca (Fernanda Silva), do Diretor do IF Baiano de Uruçuca (Euro Araujo) da representante do Instituto Aliança (Ana Rosa), da Técnica da Setre (Kerolaine Santos), do Presidente da Câmara de Vereadores de Uruçuca (Eri Guimarães que estava acompanhado dos vereadores Nau de Danda, Gracinha e Irmão Duda), do Coordenador da CAR em Itabuna (J. Neto), da representante do Consórcio Território Litoral Sul (Marcela Indira).
O  projeto tem como objetivo oferecer oportunidades de qualificação social e profissional para mulheres jovens baianas. Esse é o objetivo do Projeto Trilha para Mulheres, lançado pelo Governo da Bahia e que vem beneficiando  510 jovens, de 11 municípios baianos, com um investimento de R$ 1,5 milhão.

Podem participar do Projeto jovens mulheres de 16 a 29 anos em situação de desemprego involuntário, que estejam matriculadas na rede pública de ensino, frequentando regularmente o ensino médio, ou cursos de educação de jovens e adultos ou que tenham concluído o ensino médio.
A Secretária Vera Lúcia Barbosa lembrou da fala do Governador Jaques Wagner  afirmando que  o Projeto “é uma porta de oportunidades que se abre para as jovens mulheres, que ainda sofrem discriminação, para que elas tenham uma caminhada mais digna e cidadã e possam participar de novas atividades profissionais no município de Uruçuca”.
A Prefeita Fernanda Silva informou que este curso do trilha vai agregar valor a mão de obra e proporcionar melhores condições para a inserção destas jovens de Uruçuca no comércio, no turismo e na industria, onde se nota um desequilíbrio entre empregos para homens e mulheres, e nós precisamos qualificar melhor a nossa juventude para que eles possam assumir o mercado de trabalho aqui no sul da Bahia e em todo País.
Igualdade
O Trilha para Mulheres tem como foco a igualdade entre homens e mulheres e direitos das mulheres. Nos cursos, o conteúdo deve contribuir para a desconstrução de estereótipos pautados em ‘exigências’ e regras do comércio, bem como para a desconstrução dos estereótipos de inferiorização e submissão consolidados em diversas culturas.

Os cursos têm carga horária de 400 horas, sendo 100 horas de qualificação social e retomada de conceitos da educação básica; 250 horas de qualificação profissional e preparação para o mundo do trabalho e 50 horas para orientação e elaboração do Trabalho Final de Curso (TFC).

Municípios contemplados com o projeto
Uruçuca com 60 mulheres beneficiadas  e mais 10 municípios do interior,  além de Salvador, que atendidas 60 mulheres: 30 egressas do sistema penitenciário e mais 30 custodiadas.
Jean Macêdo/Uruçuca Notícias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CASAMENTO COMUNITÁRIO

O casamento comunitário reuniu 16 casais que se uniram oficialmente neste sábado (25), em Uruçuca, onde puderam finalmente realizar esse s...