terça-feira, 20 de maio de 2014

Uruçuca: Rejeição de projeto na Câmara poderá gerar prejuízo para população



Em que pese a defesa de alguns vereadores, a rejeição em 2º turno do projeto de desvinculação da Secretaria de Esportes, Cultura e Lazer, da Secretaria de Educação, vai gerar prejuízos para população.
Um projeto que não aumenta despesas para o município, apenas facilita assinatura de convênios e busca de recursos específicos, tanto no Ministério dos Esportes, quanto no da Cultura, não pode ser deixado de lado.
Para citar algumas atividades, no esporte, que estavam previstas no município, relacionamos as seguintes:
1-      Criação das escolinhas de futebol de campo e de salão, handebol, basquete e voleibol;
2-      Patrocínio dos campeonatos de futebol rural, municipal e intermunicipal;
3-      Patrocínio de campeonatos de handebol, basquete, voleibol e tênis;
4-      Aquisição de uniformes e materiais esportivos;
5-      Criação e reforma de praças esportivas, com possibilidade de esportes aquáticos; e
6-      Verba para incentivo ao esporte de fisiculturismo, tendo como exemplo a academia do nosso amigo Victor Farias (campeão brasileiro), que vem formando atletas para competições nacionais e internacionais.
Já na área da cultura, poderão ser prejudicadas as seguintes atividades:
1 – Verbas para carnaval e São João. Para se ter uma ideia do estrago, a prefeitura havia confirmado contrato com a Petrobrás, para o patrocínio do São João deste ano, mas infelizmente, com a rejeição, esse convênio poderá ser inviabilizado. Bandas como Mastruz com Leite, Magníficos, Cacau com Leite e Aviões do Forró e outras, que já foram contatadas preliminarmente, pela comissão da festa, poderão não se apresentar aqui;
2- Patrocínio de festas e saraus em Serra Grande;
3- Recurso para reforma do Centro Cultural Água Preta;
4- Criação de uma fanfarra na cidade; e
5- Patrocínio de shows e criação de uma companhia de teatro, para apresentação no Centro Cultural Água Preta.
Tive uma oportunidade, hoje, de uma conversa rápida, com minha amiga vereadora Magnólia, mas os seus argumentos diante dos meus, não tiveram consistência. E é justamente aí que, como uma pessoa que ama Uruçuca, peço equilíbrio na 2ª votação, aos nossos representantes na Câmara, uma vez que, ainda não encontrei um interlocutor satisfeito com essa rejeição e isso poderá marcar àqueles contrários ao projeto, que pretendam uma reeleição.
Heraldo Santana/Uruçuca Notícias

2 comentários:

  1. Acredito que tenha que convocar a população e fazer uma audiência publica para que estes vereadores justifique a rejeição a lei. Convocação pacifica e ordeira chegaremos ao bom senso satisfatório para a comunidade.

    ResponderExcluir
  2. E quais são os argumentos dos contras, suas justificativas para votar contra o projeto, e o que está levando os vereadores a não apoiar a criação da nova secretária, falta informações nos benefícios que essa secretária poderá trazer, informações em criação de novos empregos que poderar ser gerado pela nova pasta, ou é apenas politicagem de alguns contra o desenvolvimento de Uruçuca.

    ResponderExcluir

CASAMENTO COMUNITÁRIO

O casamento comunitário reuniu 16 casais que se uniram oficialmente neste sábado (25), em Uruçuca, onde puderam finalmente realizar esse s...