segunda-feira, 2 de junho de 2014

Uruçuca: Câmara veta projeto que iria beneficiar população

Momento da votação em que os que reprovam o projeto se colocam de pé

Secretário de Educação, Fabrício Santos

Vereadores Abreu, Eri Guimarães e Gracinha

Plenário cheio na sessão 

Vereadores Rodrigo de Paulino e Carlos Magno também votaram contra o projeto

Secretário de Administração, Gabriel Chaves
O grupo de seis vereadores, Magnólia, Carlos Magno, Rodrigo de Paulino, Jai, Sueli da Datilografia e Professora Lia da Serra, votaram contra o projeto que traria grande benefício para população em geral, principalmente, para crianças e adolescentes, que gostam de praticar esportes. A cultura também seria beneficiada.
O projeto em si não criaria despesas e nem cargos na administração municipal, apenas dotaria a secretaria de valores orçamentários, de forma a receber recursos dos governos estadual e federal, com maior facilidade.
Muito embora o São João, na sede, e o São Pedro, em Serra Grande não devam ser suspensos, a dificuldade do executivo em fazer uma grande festa, será óbvia. Para exemplificar o início dos danos, com a rejeição do projeto, o município já perdeu uma verba da Bahiatursa, no valor de 100 mil reais, que seria destinada ao São João deste ano.
Na mesma sessão, houve a explanação dos secretários Gabriel Chaves (Administração) e Fabrício Santos (Educação), onde Gabriel Chaves esclareceu as dúvidas dos vereadores, quanto a demora da conclusão das 40 casas populares, dizendo que era uma obra federal e a prefeitura tinha, apenas, o poder, ao final da obra, de dar  parecer conclusivo. Tendo em conta que, as primeiras construções não estavam de acordo com o projeto, o secretário não pode sinalizar positivamente para o governo federal, inclusive pedindo a substituição da empreiteira, ocasionando o atraso nas obras.
Fabrício Santos, de forma clara e objetiva, esclareceu as dúvidas dos vereadores presentes e aproveitou para informar que já está aprovado um projeto, que vai presentear a zona rural com uma escola no valor de 1 milhão de reais. Questionado pela vereadora Lia da Serra sobre o andamento do projeto, de um grande colégio em Serra Grande, informou que o colégio já está registrado no FNDE e o projeto no valor de 14 milhões de reais, já foi encaminhado ao Ministério da Educação. Complementou dizendo que este colégio irá beneficiar alunos desde a creche até o ensino médio.

Heraldo Santana/Uruçuca Notícias

Um comentário:

  1. INFELIZMENTE O MUNICÍPIO FICA AO DEUS DARÁ, POR CAUSA DE UMA POLITICAGEM MESQUINHA, TEM QUE FAZER UMA EXPLANAÇÃO À SOCIEDADE URUÇUQUENSE, DOS PREJUÍZOS CAUSADOS P/ MEIA DUZIA DE VEREADORES .

    ResponderExcluir

Resultado da 10ª Rodada do intermunicipal

Domingo,  08 de Outubro Caldeirão Grande 0 X 0 Conceição do Coité 15:00 Caldeirão Grande São Desidério 1 X 0 0  X  3 Sant...